Cadastre o seu e-mail para receber nossa programação

8 de dezembro de 2010

Workshop: “Meditação e Yoga como Via de Libertação - Ven Dhammadipa.


“Ven. Dhammadipa é um professor de meditação

altamente qualificado, o qual treinou

tanto em meditação samatha quanto

...em vipassana, sob eminentes professores

do Sri Lanka e Birmânia, hábil no ensino

tanto de ocidentais quanto de asiáticos”.

–Venerável Bhikkhu Bodhi

É um grande prazer para a Comunidade Nalanda anunciar a vinda do Venerável Dhammadipa em sua primeira visita ao nosso país, para um extenso programa de ensinamentos e práticas em São Paulo/SP, Aracaju/SE e Belo Horizonte/MG.
Nascido na Tchecoslováquia, o Ven. Dhammadipa é um professor de meditação muldialmente reconhecido, com um profundo entendimento da meditação tanto na tradição Theravada quanto Mahayana. Em 1987 ele recebeu a ordenação tradicional Theravada no Sri Lanka, onde praticou sob o Ven. Sri Nanarama Mahathera.
Em 1989 ele recebeu a ordenação como monge Mahayana no Hsi Lai Temple de Los Angeles. Em 1996 praticou meditação sob a tutela de uma dos principais mestres de meditação, Ven. Pa Auk Sayadaw de Myanmar (Birmânia) e é considerado pelo Sayadaw como sendo o primeiro discípulo ocidental qualificado a ensinar meditação.
Nos últimos dez anos, o Ven. Dhammadipa tem ensinado meditação em mosteiros ocidentais e asiáticos, bem como em universidade em todo o mundo.

Programa em São Paulo/SP:

Workshop: “Meditação e Yoga como Via de Libertação”

19 e 20 de fevereiro (sábado e domingo)
das 09h00 às 17h00 - com aulas e práticas de meditação

Participação:

R$ 40,00 por período (manhã
tarde)
R$ 140,00 os dois dias

OBS: É imprescindível que cada um traga sua própria almofada de meditação. Quem prefere meditar em cadeiras, essas serão fornecidas.

Local:

Nalanda São Paulo Sumaré
Rua Paris, 62 – no Espaço Espiral Yoga
Bairro Sumaré – São Paulo/SP
Telefones: Adriana (11) 3863 2153  / (11) 9774 6019


1 de dezembro de 2010

 "A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos, na prudência egoísta que nada arrisca e que, esquivando-nos do sofrimento, perdemos também a felicidade." - Carlos Drummond de Andrade.