Cadastre o seu e-mail para receber nossa programação

27 de maio de 2010

Feliz Vesak!


Hoje, primeiro dia de lua cheia, começam as comemorações do Vesak (festa para lembrar do aniversário, iluminação e paranibbana do Buddha). Pessoalmente, agradeço a oportunidade de estudar e praticar os ensinamentos desse mestre junto de grandes professores e companheiros de estrada!

A Experiência do Insight - Joseph Goldstein

Aí vai minha sugestão de um ótimo livro sobre a meditação na linha Theravada do Buddhismo. Adotamos esse livro no nosso grupo de estudos. Esse grupo é aberto a todos os interessados e gratuíto. Todas as quartas-feiras às 18hs na rua Cajaíba, 123 - CJ 54. Ligue para confirmar sua presença no telefone: 3863 2153. Seja bem vindo!



Um trecho do livro para dar aquele gostinho:

“Todos nós iniciamos uma jornada. Uma jornada para dentro de nós mesmos. Uma jornada de descoberta e exploração de quem e o que nós somos. Dar o primeiro passo é difícil, … Escreveu Spinoza, no final de um de seus importantes escritos filosóficos: ‘Todas as coisas nobres são tão difíceis quanto raras’ …

24 de maio de 2010

Sobre a própria experiência...

"Não se apresse em acreditar em nada, mesmo se estiver escrito nas escrituras sagradas. Não se apresse em acreditar em nada só porque um professor famoso que disse. Não acredite em nada apenas porque a maioria concordou que é a verdade. Não acredite em mim. Você deveria testar qualquer coisa que as pessoas dizem através de sua própria experiência antes de aceitar ou rejeitar algo."

(Siddartha Gautama, o Buddha, Kalama Sutra 17:49)

21 de maio de 2010

"Um Caminho com o Coração", de Jack Kornfield.

"À medida que deixamos que o mundo nos toque profundamente,
reconhecemos que, assim como existe a dor da nossa vida,
tambem existe a dor na vida de todos os outros.
Esse é o nascer da sábia compreensão.
A sábia compreensão vê que o sofrimento é inevitável,
que tudo o que nasce morre.
A sábia compreensão vê e aceita a vida como um todo.
Com uma sábia compreensão, permitimo-nos acolher todas as coisas,
tanto as trevas quanto a luz,
e chegamos a um sentimento de paz.
Essa não é a paz da negação ou da fuga,
mas a paz que encontramos no coração
que nada rejeitou, que toca todas as coisas com compaixão."
"Amar plenamente e viver bem
exige de nós o reconhecimento final de que não
temos nem possuimos coisa alguma - nem nossa casa,
nosso carro, nem as pessoas que amamos,
nem sequer o nosso próprio corpo.
A alegria e a sabedoria espirituais não vêm através da posse
mas, sim, através da nossa capacidade de abertura,
de amor mais pleno, de mudança e liberdade na vida.
Essa não é uma lição a ser adiada.
Um grande Mestre assim explicou:
"Seu problema é que você pensa que tem tempo".
Não sabemos quanto tempo temos.
O que seria viver com o conhecimento de que este
talvez seja o nosso último
ano, a nossa última semana, o nosso último dia?
À luz dessa pergunta, podemos escolher um caminho com o coração."

17 de maio de 2010

Cortejando a Respiração...


"O pranayama não se realiza com o poder da vontade. É preciso seduzir, cortejar a respiração, do mesmo modo que se faz com um cavalo selvagem - sem caçá-lo, mas em vez disso, permanecendo quieto, com uma maçã na mão. É assim que o pranayama nos ensina humildade... Não se pode forçar nada, a receptividade é tudo - B.K. S. Iyengar.

15 de maio de 2010

Meditação.


A cada respiração estamos cultivando a habilidade de estarmos presentes momento a momento. Há sempre algo novo a cada instante que não pode ser repetido. Quando a mente está calma e atenta, nem agarrando, nem rejeitando, aí podemos enxergar a verdade.
Será que podemos permanecer abertos à experiência em condições desfavoráveis assim como ficamos nas favoráveis? Simplesmente testemunhando o que se desenrola?

4 de maio de 2010

A Verdade Compassiva.

Como seria mais leve e agradável nosso caminho se não nos esquecêssemos do poder da verdade compassiva:
" A presença da verdade pode nos fazer sentir nus, mas a compaixão afasta toda a vergonha" - Luz na Vida, B.K.S. Iyengar.

3 de maio de 2010

Sentir ou Pensar o Ásana.


"Como realizar o ásana com alma? Isso pode ser feito com o órgão do corpo que está mais perto da Alma - o coração. Portanto, o ásana virtuoso parte do coração, não da cabeça. Assim, você não apenas está fazendo, como está nele. Muitas pessoas tendem a pensar em como fazer o ásana, mas você deve sentir como fazê-lo, por meio do amor e da devoção". - B. K. S. Iyengar